CONSAGRAT

Ser todo de Jesus, por meio de Maria

Pertencer de modo especial ao Senhor, escolhido, elegido e separado para as coisas sagradas e para o Sagrado. Na história da humanidade, Deus sempre buscou um povo que fosse consagrado ao seu coração, Ele buscou incansavelmente preparar um povo escolhido para viver segundo a sua vontade e na sua graça.

Em Gn 6, 5 – 7, Deus se arrependeu de ter criado o homem e decidiu destruir a sua criação, mas havia um homem, Noé, que era justo e buscava a Deus, o qual, encontrou graças aos olhos de Deus (Gn 6, 8). Por Noé, Deus começou a preparar um povo consagrado, pois, pede para que ele construa uma arca para guardá-los do dilúvio (Gn 6, 14 – 22), mas tendo passado o dilúvio (Gn 7) Deus abençoa o seu povo e compromete–se em fazer uma aliança de consagração perpétua (Gn 9, 1 – 17).

Passados os anos o povo consagrado a Deus está em meio a escravidão no Egito e a ação da consagração de Deus acontece com Moisés; o que também têm a missão de libertá-los (Êx 3, 7 – 12); outra vez segue-se o enredo do povo que Deus ama, tens que atravessar já não sendo dentro de uma arca, mas a pé enxuto pelas as aguas do Mar Vermelho ( Êx 14), mas uma vez Deus faz uma renovação de aliança com o seu povo, de maneira que sua Lei consagrada estivesse presente no meio do povo, sendo guardada na arca feita de ouro (Êx 25, 10 – 22).

Ao longo dos anos o povo de Deus vem quebrando promessas, alianças e consagrações, as quais, causam dores ao coração de Deus. Portanto, o Senhor para não ficar mais insatisfeito com a sua criação, usa-se de uma Arca Viva chamada Maria (Lc 1, 26 – 38) para trazer AquEle que será o próprio Consagrador Jesus Cristo, seu Filho Único para consagrar com o seu sangue a humanidade.

Antes é necessário que Jesus Cristo seja consagrado pela velha maneira de consagrar a Deus (Lc 2, 22 – 24) tomando em Si e fazendo de Si mesmo uma forma nova de consagração (Jo 19, 30) dizendo que “Tudo está consumado!” Ainda assim, Jesus Cristo, antes de concluir a consumação, quisera melhor deixar um Meio e Exemplo Vivo de consagração, do que Aquela que foi feita toda do Pai que tudo consagra.

O AngeluS Consagrat foi inspirado segundo o TRATADO DA VERDADEIRA DEVOÇÃO À SANTISSIMA VIRGEM,
de Luís Maria Grignion de Montfort, onde temos a iniciativa de propagar esta devoção mariana; Contudo, Nossa Senhora Da Anunciação.

Já sendo preparada como Arca do amor de Deus, nos ensina a viver e a testemunhar a Lei de Deus e  “Com complacência que devemos morar no belo interior de Maria, pois aí repousa em paz, aí apoia-nos com toda confiança, aí seguramente esconde-nos e nos lançamos sem reservas, a fim de que neste seio virginal:

1 – A alma se alimente do leite de sua graça e da sua misericórdia maternal;
2 – Fique livre de suas perturbações, de seus temores e escrúpulos;
3 – Esteja em segurança, ao abrigo de todos os seus inimigos, o demônio, o mundo e o pecado, que aí não têm jamais entrada; e por isso ela diz que os que operam nela, não pecarão ( Eclo 24, 30)
4 – Para que a alma fique formada em Jesus Cristo e Jesus Cristo nela; porque o seu seio, é a sala dos sacramentos divinos, onde Jesus Cristo e todos os eleitos se formaram. (TVD – 264)

O consagrat que realizamos pelo o AngeluS têm esta missão de levarmos com extrema delicadeza e generosidade a almas a serem modeladas, geradas, formadas e preparadas pelas mãos de Nossa Senhora da Anunciação que com ternura e candura nos entrega nas mãos do seu Filho e Senhor Nosso – Jesus Cristo.

O AngeluS Consagrat forma anualmente pessoas interessadas em se consagrar inteiramente à Jesus Cristo pelas mãos de Nossa Senhora da Anunciação, A qual, é Celebrada a festa no dia 25 de Março, também dia do AngeluS.

Temos três encontros antes do ato da consagração:

1 – Encontro para estudo formativo e dúvidas sobre TRATADO;
2 – Encontro para explicação da consagração;
3 – Encontro em preparação para a consagração.

ESSE NÃO É O FIM,

PARA MUITOS O COMEÇO

Sede AngeluS

Rod. Cel. PM Nelson Tranchesi, 1911-2033 – Jardim Nova Coimbra, Cotia – SP

#SOMOSANGELUS

Um grupo de irmãos e amigos que descobriram um chamado um pouco diferente, um carisma, fundando em obra através da Associação AngeluS Marie, sem fins lucrativos, com único intuito de gerar o BOM ao próximo, perguntava o discípulo, quem é bom? Logo respondeu Jesus: “Só o Pai que está nos céus, é bom”. Gerar no outro o bom, através da mensagem e caridade é a forma mais perfeita de viver a vocação. 

© 2018 Associação AngeluS | Desenvolvido por StudioS AngeluS